sábado, 23 de julho de 2011

Clube do Bolinha e da Luluzinha!

Se você tem entre 7 e 700 anos já deve ter ouvido o termo clube do Bolinha e clube da Luluzinha!
Tão famosos nas décadas de 50 e 60 no Brasil, a Luluzinha e o Bolinha marcaram uma geração.
A Luluzinha foi uma criação da americana Marjorie Henderson Buell (Marge) em 1935. Apesar de ter ficado famosa, neste período (era publicada em charges no jornal The Saturday Evening Post) , só em 1945 ganhou a sua primeira revista em quadrinhos desenhada por John Stanley e publicada pela Dell Comics.
A aparição dos personagens da turma da Luluzinha no Brasil pela primeira vez, foi em 1955, publicadas  pela editora o Cruzeiro, que manteve as publicações até 1972.
Neste período, foram 182 edições da Revista do Bolinha e 207 da Luluzinha, mais os Almanaques e Álbuns.
A partir de 1973 editora Abril assumiu as publicações, que duraram até 1996 após centenas de revistas publicadas.
Tão famosos os personagens ficaram no Brasil que a dupla Roberto e Erasmo Carlos compuseram uma música intitulada, "Festa do Bolinha", que narrava uma historinha com os personagens.
Recentemente a Ediouro através do selo Pixel, voltou a publicar a personagem clássica, pois antes já estava publicando a personagem na fase adolescente com relativo sucesso.
Mas a alegria dos colecionadores é a fase da editora o Cruzeiro, que devido a forma como numerava as revistas, acabou causando uma grande confusão na cabeça de quem coleciona as revistas, tudo porquê não mantinha um sequência numérica das revistas, mas sim utilizava apenas a numeração de 01 a 12 para cada ano da publicação, seguida dos termos, ANO I, ANO II......Ou seja a cada ano iniciava-se a numeração no exemplar 01 e acabava no 12.
Outro fato interessante na coleção era a repetição de capas em anos diferentes, apesar das histórias serem inéditas. Muita vezes o colecionador se não for atento com a data da publicação, pode pensar que já tem determinado exemplar.
As revistas são tão procuradas, como os primeiros exemplares das revistas Disney publicadas no Brasil!
E a grande novidade é que o "braço comercial" do Museu dos Gibis, comandado pela Rita, está colocando a venda mais de 100 exemplares das 287 publicadas pela editora o Cruzeiro.
Como sempre digo, quem coleciona, não sabe vender, só comprar!
Nada como ter uma esposa que adora vender suas coleções! Curtam as capas e se por acaso quiserem adquirir algum exemplar visitem nosso Eshop no Mercado Livre!

http://eshops.mercadolivre.com.br/museudosgibis/


































































































































7 comentários:

  1. Ainda vocês possuem algum destes exemplares disponível?

    ResponderExcluir
  2. Oi e quais vcs tem e o preço ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://colecoes.mercadolivre.com.br/hqs-mangas-luluzinha/_DisplayType_G_eshop_museudosgibis

      Excluir
  3. http://colecoes.mercadolivre.com.br/hqs-mangas-luluzinha/_DisplayType_G_eshop_museudosgibis

    ResponderExcluir
  4. como faz pra enviar cartas papa a revistinha? acesso o site mas não vai

    ResponderExcluir
  5. Giuliana as revistinhas agora são editadas pela Pixel Editora. Você pode acessar o site da Editora e enviar um email. Grato

    ResponderExcluir
  6. Apenas um detalhe a acrescentar, amigo Ranieri... A Cruzeiro publicou material inédito até meados de 1965... Após essa época, as histórias passaram a ser reedições de anteriores já publicadas, com um mix diferente das outras revistas... Mas nada inédito.
    No mais, parabéns por esse espaço maravilhoso para todos os amantes de histórias em quadrinhos !

    ResponderExcluir